JPMotos
Comando da Polícia Militar proíbe PMs que não são do Gate usarem balaclavas
12 de maio de 2018 às 09:30
79
Visualizações

Balaclava 4

Somente as equipes do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) estão autorizadas a usar o capuz

Balaclava 3

O uso da balaclava só será autorizada em situações especificadas na nota publicada pelo Comando-Geral

VEJA A NOTA PUBLICADA NO BOLETIM DO COMANDO-GERAL 

Balaclava - BCG

O Comando da Polícia Militar do Ceará determinou, nesta quinta-feira (10), a imediata proibição de policiais militares usarem balaclavas, como são chamados os capuzes que impedem a identificação do agente da Segurança. Apenas os integrantes do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), tropa de elite da Corporação e pertencente ao Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), estão autorizados a usar o acessório e, ainda assim, em situações previamente definidas pelo Comando.

A determinação partiu do Comando-Geral Adjunto e foi publicado no Boletim do Comando Geral (BCG) desta quinta-feira (10), através da nota de número 646/2018-GAB.ADJ. “A balaclava é peça de uniforme permitida apenas para integrantes do Grupo de Ações Táticas Especiais (GHate), não podendo, em hipótese alguma, ser utilizada por outras OPMs (unidades) e/ou policiais militares não pertencentes àquele grupo especial”, diz o documento.

O Comando explica, ainda, que mesmo os policiais do Gate só poderão colocar no rosto as balaclavas nas seguintes situações: em rebeliões em estabelecimentos penais; em ocorrências com reféns localizados; em operações em áreas de mata; em operações noturnas (como parte integrante da camuflagem do combatente); na escolta de presos de alta periculosidade; na segurança externa de dignitários e altas autoridades e, por último, em operações de invasão tática para proteção da face do combatente contra estilhaços ou outros corpos estranhos durante a operação policial.

Com Informação Fernando Ribeiro

ComentáriosComentários