JPMotos
Corpo de travesti que morava em Juazeiro foi encontrado com marcas de torturas no Pernambuco
25 de setembro de 2017 às 16:19

O cadáver de um travesti que residia em Juazeiro do Norte foi encontrado por volta das 9 horas desta segunda-feira em um matagal perto da estrada vicinal na serra do Sítio Mata Grande na zona rural de Moreilândia (PE). Até o momento identificado pelo nome artístico de “Pamela”, a mesma residia na Rua Odílio Figueiredo no bairro João Cabral e familiares já seguiram até o estado do Pernambuco.

O corpo se encontrava na Vila Caririmirim (Distrito de Moreilândia) que fica perto da divisa com o município de Crato e apresentava sinais de tortura semelhantes a agressões com cordas, a pauladas e, provavelmente, pedradas. Pamela estava semi despida e as marcas da violência praticamente por todo o seu corpo, além de uma grave contusão na cabeça.

Equipes de policiais civis e militares de Moreilândia estiveram no local que pode ter sido um ponto de “desova” o que está sendo investigado. O corpo será levado para o Hospital Municipal de Moreilândia e, caso o médico se recuse a assinar o atestado de óbito julgando necessário o aprofundamento nos exames, o cadáver terá que ser conduzido ao IML (Instituto Médico Legal) de Petrolina a uma distância média de 300 Km em relação à Moreilândia.

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

480 total views, 4 views today

ComentáriosComentários