JPMotos
Corpos esquartejados e decapitados são encontrados na periferia de Pacajus
17 de julho de 2018 às 14:36
64
Visualizações

Os corpos foram deixados num matagal às margens do açude, no bairro Limoeiro

Mais um crime misterioso é registrado na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Na manhã desta terça-feira (17), dois corpos degolados e esquartejados foram encontrados na periferia da cidade de Pacajus (a 49Km de Fortaleza). Os moradores da localidade onde os cadáveres foram deixados aos pedaços estão aterrorizados com as cenas brutais do duplo assassinato.

Era por volta de 8 horas desta terça-feira quando a Polícia Militar recebeu, através de telefonemas, informações acerca do duplo achado de cadáveres na localidade de Limoeiro. Nas proximidades do açude público de Pacajus foram deixadas as duas vítimas. Ambas foram decapitadas e esquartejadas e os restos mortais espalhados pelo matagal.

Um detalhe chamou ainda atenção das autoridades. Os dois homens estavam com as mãos amarradas para trás. Supostamente, foram seqüestrados noutro local e levados até o matagal onde acabaram sendo executados e, em seguida, seus corpos despedaçados, características de crimes praticados por membros de facções criminosas.

Policiais civis e militares de Pacajus isolaram a área para que fosse realizado o trabalho das equipes da Perícia Forense do Ceará (Pefoce). Após os exames periciais iniciais na cena do crime, os despojos foram recolhidos e encaminhados para a Coordenadoria de Medicina Legal (Comel), na Capital.

Moradores do local não reconheceram as vítimas, o que reforça a suspeita de que as vítimas tenham sido seqüestradas em outro lugar e levadas pelos assassinos até Pacajus.

Outros casos

Em menos de 24 horas este é o segundo caso de registro de crimes brutais, com mutilação de corpos. Ainda na tarde desta segunda-feira (16), o cadáver de uma mulher foi encontrado esquartejado, colocado dentro de um saco plástico e enterrado em uma cova rasa no Conjunto Prefeito José Walter, na zona Sul de Fortaleza.

Na manhã da última quarta-feira (11), o corpo de uma jovem foi deixado por assassinos envolto em sacos plásticos e numa rede dormir, no cruzamento das ruas Estevão de Campos e Alberto de Oliveira, na Barra do Ceará, na zona Oeste de Fortaleza. Posteriormente, a vítima foi identificada como Cristina Juvenal do Nascimento, 19 anos, que estava desaparecida.

Com Informação Fernando Ribeiro

ComentáriosComentários