JPMotos
Crise de ciúmes leva mecânico a balear seis pessoas num parque de vaquejadas em Farias Brito
17 de outubro de 2017 às 06:32

Além de um homicídio na noite de sexta-feira em Juazeiro, nove atentados foram registrados neste final de semana na região do Cariri sendo seis à bala em Farias Brito, dois à faca em Crato e outro em Caririaçu. O plantão policial registrou ainda um caso de crime contra a Lei Maria da Penha em Penaforte, de agressão em Juazeiro e duas ameaças com disparos em via pública em Crato e Juazeiro.

O caso de maior repercussão aconteceu por volta das 20h30min deste domingo durante a Vaquejada do Sítio São João na zona rural de Farias Brito. Uma pessoa conhecida como “Galego da Oficina de Motos”, residente no centro de Farias Brito, teria sofrido uma crise de ciúmes ao ver sua ex-namorada dançando com um rapaz. Ele se aproximou quando sacou uma arma de fogo e passou a efetuar disparos na direção de Aparecida Alves da Silva Lourenço, residente no bairro Populares.

A mesma saiu ferida a exemplo de outras cinco pessoas no caso Emanuel Claudevan Santos Silva, o “Chapada”, e Leonardo Belo de Oliveira, residentes no Mutirão II; José Henrique de França Sobrinho, que mora na Rua Antonio Ferreira; Mariana Gomes Augusto e seu irmão “Rafael Cobrador”, residentes no bairro Populares todos em Farias Brito, cujos projéteis atingiram apenas membros inferiores sendo atendidos no hospital local à exceção de Rafael.

Este terminou lesionado no tórax e foi socorrido ao Hospital São Camilo de Crato para ser submetido a uma cirurgia. O acusado abandonou o seu veículo Corolla de cor prata e placas KHC-1671, inscrição do Ceará, na estrada de acesso ao Sítio São João e continuou o seu plano de fuga na garupa de uma motocicleta não sendo localizado nas diligências feitas por uma patrulha da Polícia Militar. O veículo Corolla foi recolhido ao pátio da Delegacia de Farias Brito.

OUTROS – Antes, por volta das 16h30min de sábado, deu entrada no Hospital São Camilo em Crato Mairton Maia, de 55 anos, residente na Rua Rudino Cardoso (Bairro São Miguel). Ele disse à polícia que estava no Bar da Rosa com sua companheira, Deusanira Amorim Maia, quando passaram a discutir. Ela apanhou uma faca e o lesionou no abdômen, fugindo em seguida.

Uma hora e meia depois ainda em Crato, porém na Avenida José Alves de Figueiredo no centro da cidade, um homem chegou ao estabelecimento comercial de Joflam Paes de Albuquerque, de 66 anos, num veículo Ford Fiesta de cor prata se passando por policial. O mesmo deu um recado afirmando que não mais queria vê-lo mexendo com sua tia, que mora vizinho ao comércio e o ameaçou de morte. Na saída, efetuou seis disparos de pistola calibre 380 para o alto e fugiu.

Às 18h30mim, no bairro José Augustinho em Caririaçu, Geová Vieira da Silva, de 40 anos, residente na Rua Luis Rolim daquele bairro, foi lesionado a golpes de faca no abdômen e tórax por Francisco Silva Moreira, de 25 anos, moradora da mesma rua. Houve uma discussão por causa de um celular vendido por Francisco a Geová já que o primeiro foi cobrá-lo e o comprador se negou a pagar o aparelho. Em meio ao entrevero, Francisco teria agredido-o com um soco e ainda o esfaqueou, sendo preso.

Já às 21 horas dois homens numa moto efetuaram cinco disparos contra a porta da casa do ex presidiário apelidado por “Pica Pau” na Rua Geraldo Lacerda Botelho no bairro Jardim Gonzaga. No mesmo horário, porém na Rua Pio Norões (João Cabral) em Juazeiro a jovem Hilda Rodrigues da Silva, de 18 anos, agrediu o seu próprio tio Isaac Agostinho da Silva, de 60 anos, ali residente. Ela foi presa, enquanto a vítima terminou socorrida pelo SAMU com lesões no braço e pescoço à UPA Limoeiro.

Por volta das 16h30min deste domingo a polícia prendeu o autônomo Romário Ferreira do Nascimento, de 27 anos, residente na Rua Vila Noá do bairro Nossa Senhora em Penaforte. Ele ameaçou e agrediu Rafaela Gomes Barbosa, de 18, sua tia Francisca de Noá Gomes, de 66, e mais Cleonarda Santana de Sousa, de 32 anos. Três horas depois, mas na Avenida JPB de Menezes (Bairro Batateira) em Crato, Tales Marcos da Silva Cândido, de 18 anos, lesionou com uma facada José Denílson Tavares, de 19 anos, e fugiu. A vítima foi socorrida ao Hospital São Camilo.

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

128 total views, 4 views today

ComentáriosComentários