JPMotos
Delegacias fechadas e inquéritos parados revelam o sucateamento da Polícia Civil do Ceará
4 de setembro de 2017 às 18:35

Da DHPP estavam empilhados cerca de 6 mil inquéritos, que foram redistribuídos para as DPs

Com 84 delegacias municipais do Interior fechadas por falta de delegados e mais nove delegacias regionais sem funcionar em plantão 24 horas, a Polícia Civil do Ceará continua sem dar conta da demanda de combate à criminalidade.  Centenas de inquéritos instaurados para apurar crimes graves como assassinatos estão empilhados nas distritais sem investigação.

O fato vem sendo denunciado por integrantes da própria instituição. Já um grupo de aprovados no último concurso para o cargo de delegado de Polícia Civil, com certamente realizado em 2014, lançou nas redes sociais uma campanha para sensibilizar o Governo do Estado a convocar os profissionais que estão, atualmente, em um Cadastro de Reserva e aguardam apenas a convocação do governo para darem início ao curso de formação na Academia Estadual da Segurança Pública e serem integrados aos quadros da corporação.

Eles apontam que esta é a saída que o governo tem para dar celeridade aos trabalhos da Polícia Judiciária e evitar que a violência  continue a crescer no estado por conta da impunidade dos criminosos.

Na campanha para a convocação, os candidatos publicaram um vídeo que mostra a necessidade da contratação dos novos delegados e mostra que essa decisão foi do próprio governador do Estado, Camilo Santana (PT). Ele prometeu à população, através da Imprensa, colocar todas as delegacias de Polícia de Fortaleza em regime de plantão 24 horas. No entanto, não cumpriu a promessa e a maioria das unidades fecha as portas à noite, nos dias úteis, e o dia inteiro em feriados e fins de semana, deixando a população desassistida.

O vídeo também revela que, recentemente, Camilo  anunciou que seu governo irá convocar apenas 53  candidatos aprovados no concurso para delegado, número que sequer supre as necessidades das delegacias de Fortaleza, enquanto a situação de penúria na segurança no Interior do Ceará vai continuar.

Com Informação Fernando Ribeiro

135 total views, 1 views today

ComentáriosComentários