JPMotos
Dois atentados à bala e faca além de três homicídios num intervalo de três dias no Cariri
19 de setembro de 2017 às 10:54

O plantão policial das últimas horas registrou duas tentativas de homicídios, sendo uma à faca em Crato e outra à bala em Caririaçu, além de um caso de agressão em Crato, violência doméstica em Juazeiro e briga de mulheres em Lavras da Mangabeira. Os homicídios foram no sábado com o achado do corpo de Patrícia Gomes de Mesquita, de 36, morta a facadas em Crato e, ontem, de José Leonardo Guilherme dos Santos, de 25, e Marcos Alves de Souza, de 55 anos, mortos a tiros em Juazeiro e Missão Velha.

Na tarde de sábado, no Sítio Monte Alegre em Crato, Geraldo Cordeiro dos Santos, de 56 anos, ali residente, foi lesionado com uma facada no abdômen e socorrido pelo SAMU ao Hospital São Camilo. Ele bebia com outras pessoas quando começou uma discussão com uma pessoa que conhece pelo nome de “Isaac” o qual desfechou o golpe e fugiu. Na manhã de domingo, porém no bairro Pedrinhas em Juazeiro, José Wilson da Silva Filho, de 32 anos, residente na Rua Sebastião Régis naquele bairro, foi preso após agredir a mãe Cícera Maria Gomes da Silva e a irmã Cíntia Gomes.

Por volta das 16 horas, no Sítio São José em Crato, o pedreiro João Moisés da Silva, de 59 anos, ali residente, foi agredido e apresentava várias lesões no rosto. A polícia foi lá e prendeu o acusado o agricultor Antonio do Carmo da Silva, de 47 anos, enquanto a vítima terminou socorrida pelo SAMU ao Hospital Regional do Cariri (HRC) em Juazeiro do Norte.

Já às 20h30min ainda de domingo, porém no Sitio Jardim em Caririaçu, o menor de iniciais K de O. S., de 16 anos, foi socorrido ao HRC após ser lesionado a tiros na cabeça. Ele mora na Rua Lavras da Mangabeira (Bairro Seminário) em Crato e, segundo testemunhas, os autores dos disparos são apelidados por “Morcegão” e “Denó”. Já na madrugada de ontem, na Vila Monteiro em Lavras da Mangabeira, Ilma Ferreira Leandro, de 29 anos, disse à polícia ter sido agredida por sua vizinha Maria Nayara Herculano Marcos, de 24 anos, e o esposo dela. Os três foram parar na Delegacia.

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

635 total views, 1 views today

ComentáriosComentários