JPMotos
Duas mortes em acidentes e uma mulher matou o seu companheiro em Juazeiro dentre os cinco corpos necropsiados no IML
6 de fevereiro de 2017 às 16:36

20170206110019_7710_capa

Caiu de oito para cinco o número de mortes violentas na comparação entre os dois últimos finais de semana na região do Cariri. Neste, foram duas mortes em conseqüência de acidentes de trânsito em Mauriti e Salitre, dois homicídios em Juazeiro e Crato e um suicídio em Juazeiro. Por volta das 12h30min deste sábado, na Rua São Domingos perto do cruzamento com a Rua Leão XIII (Franciscanos) em Juazeiro, Vanda Araújo do Nascimento, de 69 anos praticou o suicídio se auto golpeando com uma faca no pescoço.

Já às 15h30min deste domingo, na CE-152 no Distrito de Palestina em Mauriti, a vendedora ambulante Maria Neli Batista Silva, de 65 anos, que residia na Rua José Nogueira de Melo, 28 (Bairro Nossa Senhora do Carmo), em Caririaçu, morreu após se envolver num acidente. Ela viajava num Voyage de cor prata e placas OMZ-1433 de Caririaçu, dirigido pelo seu companheiro que perdeu o controle e capotou às margens da rodovia. A mesma faleceu no local e o motorista foi socorrido às pressas ao hospital local.

Cerca de cinco horas depois, dentro de uma casa na Travessa Potengi, 624 (Bairro Seminário) em Crato, Francisco José Pereira de Macedo, de 46 anos, o “Francisco de Madalena”, foi morto a tiros. Ele morava na Travessa Icó, 339-A naquele bairro e estava na casa de José Caitano de Sousa, de 35 anos, o “Duda Caitano”, acusado do crime o qual foi preso perto do Hospital São Francisco. Este é tido pela polícia como de alta periculosidade e já responde por cinco homicídios, tráfico de drogas e lesão corporal.

Às 21 horas ainda de domingo na Rua Severino Cândido, 110 (Bairro Aeroporto) em Juazeiro, uma mulher matou a golpes de faca seu companheiro Alessandro Fernandes da Silva, de 35 anos, durante uma bebedeira. Houve discussão entre os dois e, supostamente, ela teria sido agredida quando apanhou a arma e desfechou os golpes para fugir em seguida. A vítima morava na Rua Abílio José Bezerra, 96 (Novo Juazeiro) e estava sendo socorrida pelo SAMU quando morreu. No local, a polícia recolheu apenas a faca usada no crime já que a acusada Rita de Cássia dos Santos tinha fugido..

Por volta de 01h30min da madrugada desta segunda-feira, na CE-187 que liga Salitre e Campos Sales, o agricultor Joaquim Estevão da Silva, de 66 anos, morreu em acidente de trânsito. Ele residia no Sítio Cerveja em Salitre e pilotava sua moto Honda NXR 160 Bros de cor vermelha e placa PNN-9618 quando bateu numa vaca que cruzava a rodovia estadual perto do Sítio Tanquinho a uma distância de 6 Km para o centro de Salitre. O animal morreu e o piloto estava sendo socorrido pelo SAMU, mas faleceu dentro da ambulância.

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

157 total views, 2 views today

ComentáriosComentários