JPMotos
Fim de semana com dois homicídios, um caso de afogamento e morte no trânsito no Cariri
13 de março de 2017 às 14:18

Caiu de oito para cinco o número de mortes violentas na comparação entre os dois últimos finais de semana na região do Cariri. Neste, foram dois homicídios em Juazeiro do Norte, uma morte em conseqüência de acidente de trânsito em Tarrafas, um caso de afogamento em Milagres e uma vítima de queda em Porteiras. Quatro corpos deram entrada no sábado e o outro neste domingo.

Por volta de uma hora da madrugada deste sábado morreu em um dos leitos do Hospital Regional do Cariri em Juazeiro um aposentado que residia no município de Porteiras. Ele foi vítima de uma queda e terminou socorrido às pressas ao HRC, mas não resistiu à gravidade do ferimento.

Já às 13h30min, na Rua Sanfoneiro João Lucas (Bairro Frei Damião) em Juazeiro, o jovem Bruno Rodrigues Bueno, de 20 anos de idade, foi lesionado com dois tiros nas costas e teve o óbito confirmado por profissionais de saúde do SAMU. Há três meses, ele estava residindo naquele bairro para onde veio com sua mãe procedente de São Paulo em cujo estado respondia alguns procedimentos na justiça.

Meia horas depois, no cruzamento das ruas São Damião e Delmiro Gouveia (Santa Tereza) em Juazeiro, Izidório Pereira de Lima, de 54 anos, que era conhecido por “Gerson” e morava na Rua São Damião naquele bairro, foi assassinado a tiros. Segundo testemunhas, o autor dos disparos se aproximou da vítima a pé e saiu correndo após efetuar disparos na cabeça do desafeto. Izidório já tinha passagens pela polícia como usuário de drogas e ainda foi socorrido ao Hospital Regional do Cariri, mas faleceu pouco tempo depois.

Às 21 horas ainda de sábado, no Sítio Encruzilhada a uma distância de 6 Km para o centro de Tarrafas, houve o capotamento de um veículo causando a morte do agricultor Francisco Iraildo de Oliveira, de 38 anos, que residia na Vila São José em Saboeiro. Ele dirigia uma caminhonete S10 de cor branca e placas DQM-6966 no sentido Tarrafas/São José quando perdeu o controle do carro e caiu numa ribanceira às margens de um riacho, sendo que o corpo ficou sob o automóvel do qual foi arremessado.

Por volta das 11 horas deste domingo Geraldo Antonio Santos, de 56 anos, morreu afogado no Riacho de Manoel Conrado no Sítio Taboquinha na zona rural de Milagres. Ele residia no Sítio Cajuí da Serra Brava na zona rural daquele município e, segundo familiares, era um paciente epiléptico que costumava ingerir bebidas alcoólicas. O manancial é raso sendo que a vítima foi encontrada por populares apenas com a cabeça dentro da água após, provavelmente, sofrer um ataque de epilepsia.

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

257 total views, 1 views today

ComentáriosComentários