JPMotos
Fim de semana de São João com três homicídios num total de cinco mortes violentas no Cariri
26 de junho de 2017 às 11:19
68
Visualizações

Caiu de nove para cinco o número de mortes violentas na comparação entre os dois últimos finais de semana na região do Cariri. Neste, foram três homicídios, um caso de suicídio e uma vítima de ataque por abelhas com os corpos provenientes de Barbalha, Lavras da Mangabeira, Missão Velha, Salitre e Brejo Santo. Duas mortes violentas ocorreram ainda na noite de sexta-feira, apenas uma no sábado e as outras duas neste domingo.

Por volta das 22h30min de sexta-feira, na Rua Coronel Raimundo Augusto perto do Parque do Povo no centro de Lavras da Mangabeira, Adriano Soares de Oliveira, de 24 anos, foi morto a tiros por dois homens. Ele estava acompanhado de um amigo identificado apenas por “João Paulo” e, segundo este, a dupla chegou perguntando quem era Adriano quando “João Paulo” falou que não sabia e saiu correndo tendo ouvido apenas os disparos. A vítima tinha várias passagens pela polícia por furtos e roubos em Várzea Alegre e Lavras da Mangabeira.

Cerca de uma hora depois, no cruzamento das ruas Antonio de Sá Barreto Gondim e Coronel Joca (Bairro Alto da Alegria) em Barbalha, Maria Vera Lúcia da Costa Pinheiro, de 31 anos, a “Verinha” que residia na Rua P 06 número 269 naquele bairro, foi morta a tiros A mesma tinha envolvimento com o tráfico de drogas e, na casa dela, a polícia encontrou uma pistola tipo bereta calibre 22, dois papelotes de cocaína, 195 pedras de crack e dinheiro. Uma criança foi atingida de raspão por uma bala perdida.

Já às 9 horas deste sábado o agricultor José de Lima Soares, de 49 anos de idade, que residia no Distrito de Jamacaru na zona rural de Missão Velha, praticou suicídio por meio de envenenamento. O corpo foi encontrado por familiares que avisaram aos policiais militares do destacamento local.

Às 07h30min, na estrada vicinal de acesso ao Sítio Serra dos Jacintos em Salitre, foi encontrado o corpo do agricultor Antonio Jordão Gonçalves, de 34 anos, que residia na localidade. O cadáver apresentava lesões na face e supostas fraturas nas costelas e a polícia recolheu dois pedaços de pau sujos de sangue. Além disso, uma pressão sob o abdômen como se fora de um pneu de carro chegando a expor as vísceras da vítima. Ele estivera bebendo no Bar de Zé da Onça naquele sítio de onde saiu por volta de 01h30min sozinho na direção de casa.

Por volta das 19 horas deste domingo morreu no hospital de Brejo Santo o radialista e funcionário público José Bezerra Lucena, de 59 anos, que residia na Rua Sinézio Gomes, 44 (Bairro Renê Lucena) naquele município. Ele se encontrava no Sítio Barreiro Branco aonde foi atacado por abelhas italianas e terminou socorrido imediatamente por familiares, mas não resistiu. “Zé de Juarez” apresentava o programa A Hora da Saudade, todo sábado pela manhã na Rádio Padre Pedro FM de Brejo Santo.

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

ComentáriosComentários