JPMotos
Fim de semana violento no Ceará com 57 pessoas assassinadas
27 de agosto de 2018 às 10:25
228
Visualizações

Matança 22 Matança 25 Matança 24

Em 22 bairros de Fortaleza, as cenas de violência se repetiram, com tiroteios e mortes

Parquelândia - morte

Na Rua Moreninha Irineu, na Parquelândia, um garoto foi morto, a tiros, no sábado à noite

Cinquenta e sete pessoas foram assassinadas no Ceará no período compreendido entre a última sexta-feira (24) e o começo da madrugada de hoje (27). Somente em Fortaleza, foram registrados 30 crimes de homicídio, além de 14 na Região Metropolitana e mais 13 no interior. A violência fora de controle deixou um rastro de sangue e morte em 22 bairros da Capital cearense.

Em Fortaleza, os 30 assassinatos ocorreram nos seguintes bairros: Genibaú (3), Quintino Cunha (3), Demócrito Rocha (2), Cristo Redentor (2), Vila Manuel Sátiro (2), Padre Andrade (2), Conjunto Ceará, Álvaro Weyne, Jacarecanga, Fátima, Bonsucesso, Barra do Ceará, Carlito Pamplona, Parquelândia, Antônio Bezerra, Jangurussu, Moura Brasil (favela Oitão Preto), Mondubim, Presidente Kennedy, Vicente Pinzón, Parque Dois irmãos e Autran Nunes.

Na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), 14 pessoas foram assassinadas nos seguintes Municípios: Maracanaú (4 homicídios), Caucaia (3), Horizonte (2), Maranguape (2), Aquiraz, Cascavel e Itaitinga.

No Interior Sul, nove homicídios ocorreram nos seguintes Municípios: Juazeiro do Norte (3 crimes), Jaguaruana (2), Iguatu, Senador Pompeu, Crato e Jucás.

No Interior Norte, quatro homicídios aconteceram em Canindé (2), São Luís do Curu e Umirim.

Múltiplos

A Polícia registrou quatro casos de duplos homicídios no fim de semana. O primeiro deles ocorreu por volta de 2015 de sexta-feira (24), no bairro Genibaú, onde um jovem de 24 anos e seu filho, um garoto de apenas quatro anos de vida foram mortos a tiros. Felipe Júnior Barbosa da Silva foi executado dentro de casa, na Rua Ricardo Pontes. O filho, o pequeno Isaac da Silva, foi baleado e socorrido, mas não resistiu. Ninguém foi preso.

O segundo duplo assassinato aconteceu ainda na noite de sexta-feira, por volta de 22h15 no bairro Demócrito Rocha. Um grupo de cinco pessoas foi baleado e duas acabaram morrendo no local.

Na tarde de sábado (25), às 17h16, dois homens foram baleados e mortos no bairro Quintino Cunha. E na madrugada do domingo (26), por volta de 3h22, outros dois homens tombaram sem vida, crivados de balas, na Vila Manuel Sátiro.

Mais crimes

Na Favela do Oitão Preto, no bairro Moura Brasil (zona Central da Capital), um traficante de drogas foi executado com vários tiros nas proximidades do cemitério São João Batista. Deimison Costa dos Santos 33 anos, conhecido por “Tarta”, foi morto com vários tiros de pistola na cabeça, no começo da madrugada do domingo.

Na esquina das ruas Moreninha Irineu e Cruz Saldanha, na Parquelândia, um jovem identificado apenas por Gildásio, foi executado a tiros por volta de 21h46 de sábado.

Na noite deste domingo, um homem foi executado, a tiros, no bairro Buenos Aires, na periferia da cidade de Horizonte, na RMF.

No início da madrugada desta segunda-feira (27), mais duas pessoas foram mortas nas ruas de Fortaleza. Uma delas, no cruzamento das ruas Professora Maria Clara e Raimundo Bizarril, no Padre Andrade. O outro crime aconteceu no Autran Nunes.

 

Com Informação Fernando Ribeiro

ComentáriosComentários