JPMotos
Final de semana com quatro homicídios e quatro mortes em acidentes de trânsito no Cariri
3 de outubro de 2017 às 06:25

Subiu de quatro para dez o número de mortes violentas na comparação entre os dois últimos finais de semana na região do cariri. Neste, foram quatro homicídios, quatro mortes em acidentes de trânsito, uma vítima de queda e um caso de suicídio. Segundo levantamento feito pelo Site Miséria, foram quatro corpos de Crato, dois de Porteiras, outros dois de Campos Sales e os demais de Lavras da Mangabeira e Juazeiro. Três mortes ocorreram ainda na sexta-feira, três no sábado e quatro neste domingo.

Por volta das 20h30min de sexta-feira, na CE-386 no distrito de Dom Quintino em Crato, Francisco Gonçalves Correia, de 49 anos, o “Tico do Jardim” que residia no Sítio João Grande naquele distrito, morreu num acidente. Ele pilotava sua moto Honda CG 125 Fan de cor vermelha quando colidiu num veículo Gol de cor branca e placas HWX 4272, inscrição de Juazeiro. O mesmo levava na garupa sua esposa Francisca Lira, que fraturou o fêmur e sofreu escoriações pelo corpo, sendo socorrida ao hospital.

Às 22 horas, no cruzamento das avenidas Perimetral e Chagas Bezerra em Crato, foram mortos a tiros Francisco Rogério da Silva, de 22, o “Rogério das Creós” que residia na Rua Vereador Francisco Antonio (Bairro Morada do Sol) e Leonardo de Vasconcelos Sousa, de 18 anos, também de Picos (PI). Eles estavam num Fiat Pálio Wekend preto com Cicero de Deus Lima que saiu baleado junto com o advogado Jerry Cruz Bezerra, o qual dirigia o carro e tinha acabado de sair da Delegacia na direção de Juazeiro. Os três primeiros já tem passagens pela polícia do Piauí.

Já às 10 horas de sábado morreu num dos leitos do Hospital Regional do Cariri a aposentada Quitéria Maria de Jesus, de 92 anos de idade. Ela residia na Rua São Francisco no bairro São Miguel em Juazeiro do Norte, onde tinha sofrido uma queda. A mesma terminou socorrida por familiares ao HRC, porém faleceu ao ter seu quadro clínico agravado.

Por volta das 15h30min, no Bar do Kaeba na Rua Antônio Petronilio dos Santos, 98 (Bairro Cruzeiro) em Lavras da Mangabeira, o agricultor Francisco Alves do Nascimento, de 35 anos, foi morto com um tiro no pescoço. Ele morava no Sítio Baixio daquele município e respondia por crime de posse ilegal de arma de fogo. Um homem chegou ao local numa moto Honda CG 150 Fan de cor vermelha perguntando quem era o pedreiro da rua quando foi ao encontro de Francisco e o lesionou com o disparo.

Cerca de duas horas e meia depois foi encontrado o corpo do agricultor Cícero Patrício da Silva, de 39 anos, que residia no Sítio Catolé na zona rural do município de Porteiras. O mesmo praticou o suicídio por meio de enforcamento em sua residência.

Às 15h30min, na Avenida Maria Gonçalves Dantas em Porteiras o motorista de um Vectra de cor branca e placas de Brejo Santo, perdeu o controle de direção invadindo o canteiro central e batendo violentamente numa árvore. No local morreu Francisco José de Santana, de 63 anos, o “Pantico Solino”, que residia no Sítio Areia Branca em Porteiras. Saíram feridos sua esposa Pedrina Solino de Souza Santana, de 40, e Maria Jacinta Nogueira, de 46 anos. O motorista identificado apenas por “Evandro”, residente em Brejo Santo, abandonou o local do acidente.

Já às 20 horas, perto do campo Beira Rio (Alto da Penha) em Crato, o ex-presidiário Cícero Rogério Alves Ferreira, de 32 anos, que residia na Rua Bruno de Menezes naquele bairro, foi morto a tiros e facadas por dois homens que fugiram numa moto. Ele ainda foi socorrido às pressas por populares ao Hospital São Camilo, mas faleceu ao dar entrada e foram constatadas duas perfurações a bala, sendo uma na perna esquerda e outra nas costas e mais duas perfurações à faca no peito direito e no abdômen. O mesmo tinha no bolso nove trouxinhas de cocaína.

Duas horas após, na CE-292 a uma distância de 2 Km para o centro de Campos Sales, houve uma colisão de motos com saldo de dois mortos. No local faleceu o autônomo Antonio Edson da Silva, de 25 anos, que residia na Rua Nossa Senhora das Dores no bairro Barragem. Esse não era habilitado e pilotava uma moto Honda CG 125 Fan de cor preta. Já no hospital morreu o outro piloto João Filho Gomes de Souza, de 19 anos, que morava no Sítio Caldeirão em Campos Sales, também não habilitado e guiava um Honda CG 125 Fan.

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

599 total views, 1 views today

ComentáriosComentários