JPMotos
Final de semana no Cariri com quatro mortes em acidentes de trânsito e três homicídios
2 de outubro de 2018 às 07:03
91
Visualizações

Subiu de cinco para nove o número de mortes violentas na comparação entre os dois últimos finais de semana na região do Cariri. Neste, foram quatro em conseqüência de acidentes de trânsito, três homicídios e dois casos de suicídios. Três corpos vieram de Caririaçu, dois de Milagres e os demais de Crato, Barbalha, Altaneira e Juazeiro. Segundo levantamento feito pelo Site Miséria, seis mortes aconteceram no sábado e outras três neste domingo.

Por volta das 4 horas da madrugada de sábado morreu num dos leitos do Hospital Regional do Cariri em Juazeiro Espedito Miguel da Silva, de 63 anos, que morava na Rua São Luiz, 25 na Vila São Bento em Crato. O mesmo seguia com sua carroça para casa por volta das 20 horas da sexta-feira quando o veículo de tração animal terminou abalroado por um carro na Rua Julio Matias de Oliveira naquela vila. Ele sofreu traumatismo craniano e morreu se tornando doador de córneas.

Uma hora depois a adolescente Roberta Cristiny Silva Santos, de 15 anos de idade, praticou o suicídio por meio de enforcamento na sua casa no Sítio Cabeceiras na zona rural de Barbalha. A família decidiu pela doação das córneas perante a representação caririense do Banco de Olhos do Ceará, cuja captação igualmente foi feita na Perícia Forense de Juazeiro.

Já às 18h30min, na rodovia Altaneira/Nova Olinda, houve um acidente no Sitio Poças. O professor Joaquim Leite Neto, de 63 anos, que morava na Rua Euclides Onofre em Assaré, viajava na garupa de uma moto pilotada pelo menor de iniciais M. L., de 17 anos, residente em Assaré. Este sobrou numa curva e caiu batendo numa cerca de arame farpado. O professor morreu no Hospital de Altaneira e o menor foi trazido ao HRC com suspeita de traumatismo craniano e fratura no tornozelo. Professor Joaquim foi secretário de educação de Assaré e diretor do Hospital Nossa Senhora das Dores.

Às 22h30min houve acidente com ônibus de romeiros de Timom (MA) que passou por Juazeiro e seguia para Canindé mais precisamente na CE-060, entre Caririaçu e Lavras da Mangabeira. O motorista Milton Lídio da Costa sobrou na Curva do Cotovelo no Sítio Genipapeiro em Caririaçu, perdeu o controle de direção e tombou às margens da rodovia. No local, morreram presos às ferragens os aposentados José Viana da Costa Silva, de 69, residente em Timon, e Cosme Marques da Silva, de 60 anos, que morava em Teresina (PI), enquanto cerca de 20 pessoas saíram feridas.

Cerca de uma hora depois morreu num dos leitos do Hospital Regional do Cariri o ex-presidiário Joelson Junior da Silva, de 25 anos, que residia na Rua Sebastião Mariano, 673 (Tiradentes) em Juazeiro. Momentos antes, ele passava pela Rua José de Araújo naquele bairro quando foi lesionado a tiros na cabeça. A vítima respondia procedimentos por crimes de roubos, tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo em Juazeiro e Barbalha.

Por volta das 8 horas de domingo foram encontrados dois cadáveres ao lado de uma foice suja de sangue no Sítio Coqueiros em Milagres. Estavam próximos e eram internos de uma casa de apoio para dependentes químicos naquele município no caso Raimundo Pereira Gonçalves, de 54 anos, de Altaneira, e Fabrício de Oliveira Pontes, de 35 anos, que residia em Crato. Além de usuário de drogas, este último respondia por roubo, receptação e ameaça em Crato. O acusado “Cícero do Lixo” também era interno da instituição e foi preso esta manhã em Juazeiro.

Aproximadamente dez horas após morreu num dos leitos do Hospital Regional do Cariri em Juazeiro Reginaldo da Silva, de 48 anos, que residia no Sítio Bonsucesso em Caririaçu. Ele estava internado após ingerir veneno e acabou se tornando mais um doador de córnea por autorização dos familiares. O seu corpo foi velado na Rua João Conrado Cruz (Bairro João Cabral) em Juazeiro.

 

Com Parceria Site Miséria.com.br
Por Demontier Tenório

ComentáriosComentários