JPMotos
Fortaleza terá vigilância armada e eletrônica da Guarda Municipal a partir de outubro
19 de agosto de 2017 às 06:24

Agora é pra valer.  A Prefeitura Municipal de Fortaleza já está ultimando o Plano Municipal de Proteção Urbana. O projeto terá duas frentes iniciai:, a Barra do Ceará e o Jangurussu. Um trabalho conjunto que vai combater a criminalidade em Fortaleza, unindo as forças da Guarda Municipal e a Polícia Militar. A equipe do vice-prefeito, Moroni Torgan, que vai comandar pessoalmente o projeto, já está sendo montada.

Apresentação

Nesta quinta-feira (17) o plano foi apresentado ao Comando Geral da Polícia Militar. O titular da Secretaria Municipal da Segurança Cidadã (Sesec), Azevedo Vieira, apresentou os detalhes do projeto ao coronel PM Ronaldo Viana, comandante geral da Polícia Militar. O encontro reuniu também os comandantes das duas áreas onde serão instaladas as primeiras torres, o diretor adjunto da Guarda Municipal de Fortaleza, inspetor Marcílio Távora, além do staff da Secretaria. O Plano Municipal de Proteção Urbana, previsto para iniciar em outubro, tem o objetivo de unir ações preventivas e ostensivas para evitar ocorrências de delitos, por meio de vigilância eletrônica e sistemática.

VESTIU A CAMISA E SAIU POR AÍ

André Costa - hohe hoje

O secretário da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará, André Costa, usou as redes sociais para fazer um agradecimento pessoal à Polícia Civil. Vestiu a camisa preta com a inscrição da Divisão de Combate ao Tráfico de drogas (DCTD), cujo órgão não tem dado trégua aos traficantes. Segundo Costa em sua posta no facebook, a equipe chefiada pela delegada Patrícia Bezerra, a quem chamou de “aguerrida”,  foi a responsável pela apreensão de aproximadamente 2,5 toneladas de entorpecentes. Neste ano, já são 4,3 toneladas apreendidas em todo o estado, contra 1,7 toneladas em 2016. “Estou certo que continuaremos nesse caminho de atuação com investigação criminal de qualidade, inteligência integrada e ações eficientes!!!”

IMPUNIDADE GARANTIDA

Revólver atirando

A declaração do governador Camilo Santana, de que não irá mais convocar novos candidatos aprovados no concurso para o cargo de delegado foi considerado pelos especialistas em segurança pública como um verdadeiro “tiro no pé”. Diante de um estado arrastado por uma onda cada vez mais crescente de violência, com altíssimos índices de crimes contra e vida e ao patrimônio, esvaziar a Polícia Judiciária é oferecer “de mão beijada” a impunidade aos criminosos, já que são os delegados os responsáveis pela instauração dos inquéritos que apontam os autores dos delitos. Na Polícia Civil há cerca de 337 cargos ociosos para o cargo e, ao mesmo tempo, no Ceará são 85 cidades sem delegacias. Em tempos de sangue nas ruas, a bandidagem agradece o gesto de Camilo.

CIDADES SEM DELEGACIAS

Delegacia fechada 300

Uruburetama, Irauçuba, Tejuçuoca, Tururu, Umirim, Itarema, Cruz, Marco, Morrinhos, Caridade, Novo Oriente, Monsenhor Tabosa, Ibiapina, Frecheirinha, Forquilha, Jaguaribara, Ererê, Pereiro, Potiretama, Granjeiro, Choró, Ibaretama, São João do Jaguaribe, Ibicuitinga, Palhano, Quixeré, Solonópole, Irapuan Pinheiro, Milhã, Piquet Carneiro, Aiuaba, Arneiroz e Catarina são alguns dos 85 municípios cearenses que estão completamente desassistidos pela Segurança. Não contam com delegacias de Polícia por conta da falta de delegados, escrivães e inspetores.  Nem um simples Boletim de Ocorrência (B.O.) a população pode registrar. Mas com certeza, dentro de alguns meses, serão visitados por caravanas de políticos candidatos à reeleição. Com certeza!!!

INTELIGÊNCIA E CHOQUE

SC300

Polícia do Ceará efetuou nesta sexta-feira (18) a prisão de um dos bandidos mais procurados pelas autoridades do Sul e do Sudeste brasileiros. O catarinense Leandro Madalena Schlosser foi localizado após um minucioso trabalho em conjunto realizado pelo Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque) e agentes da Coordenadoria Integrada de Inteligência (Coin).  Schlosser era o “homem forte” do Comando Vermelho em Santa Catarina, onde chefiava o tráfico de drogas. No Ceará, ele se instalou num luxuoso apartamento no bairro Cambeba, mas acabou sendo descoberto na investigação. Resta agora saber onde escondeu as armas de grosso calibre que teria trazido para municiar novas quadrilhas. A tarefa, agora, é da Delegacia de Repressão às Ações do Crime Organizado (Draco).

ATOS DE BARBÁRIE

Sequestrado 10

Facções criminosas instaladas no Ceará estão praticando atos de barbárie na periferia de Fortaleza. Criminosos de gangues ou facções rivais são seqüestrados, levados para cativeiros em terrenos baldios, matagais, morros e até mesmo residências onde passam por longas sessões de tortura. Recebem pauladas, tiros nas mãos, são amordaçados, manietados e, após tudo isso, executados sumariamente. Para completar o pacto da crueldade, os assassinos filmam tudo e colocam as imagens em forma de vídeos nas redes sociais. Uma verdadeira barbárie humana que ocorre diariamente nos bairros periféricos da cidade, com mais freqüência no Jangurussu, Barra do Ceará e Bom Jardim.  Corpos despedaçados são deixados nas ruas como forma de prova da perversidade humana.

SUPERLOTAÇÃO NÃO PÁRA

Lotação

O mês de julho terminou com a Secretaria da Justiça e da Cidadania (Sejus) contabilizando, nada mais nada menos, que 26.821 pessoas recolhidas nas unidades carcerárias do Sistema Penitenciário do Ceará. Uma verdadeira população de criminosos atrás das grades. Essa horda, porém, passa a maior parte do tempo sem nada fazer de produtivo dentro das cadeias, apenas maquinando fugas, rebeliões, resgates e outros crimes. A superlotação de presos provisórios é imensa. Na CPPL 2, em Itaitinga, um exemplo disso. A capacidade da unidade é abrigar 944 presos, mas ali estão confinados 1.769 presidiários, um excedente de 87 por cento.  E tome fugas, rebeliões e assassinatos. E olhe que lá o presídio foi “reservado” para apenas uma facção: o PCC.

MAIS RAIO NAS RUAS

Raio Raio 4

Somente nos sete primeiros meses deste ano, nada menos, que 1.080 pessoas foram assassinadas nas ruas de Fortaleza. Neste mês de agosto, em 16 dias, foram mais 86 homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte.  A matança desenfreada poderá ter um alívio nas próximas semanas. É que entrarão de serviço nas ruas da Capital  mais patrulhas do Batalhão de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio). Atualmente, são 38 equipes (geralmente, com quatro homens em três motocicletas). Esse número vai subir para 72 equipes. Assim, o policiamento será fortificado. O BPRaio é o campeão em apreensões de armas e drogas no Estado e tem a mobilidade de entrar em locais onde não é possível o tráfego de viaturas. Sem contar que os “raianos” chegam ligeiro!!!!

E TEM MAIS!!!

* A Assembleia Legislativa do Ceará realiza no próximo dia 23 uma sessão solene em comemoração ao aniversário de 90 anos de criação do Conselho Penitenciário do Estado do Ceará. Será às 18 horas no Plenário 13 de Maio. O presidente do Conselho, Cláudio Justa, vai explanar para os presentes as atividades do órgão que é responsável pela política penitenciária do estado.

* A Perícia Forense do Ceará está elaborando o laudo do exame  pericial que dirá sobre a responsabilidade de um motorista de van escolar que acabou atropelando e matando mãe e filho na porta de uma escola. O fato ocorreu no Distrito de Logradouro, na zona rural do Município de Santa Quitéria. O fato chocou e revoltou a população daquele Município.

*O corpo de um detento foi encontrado, na madrugada da última terça-feira (15) nas dependências da Casa de Privação Provisória da Liberdade Dois (CPPL II), no Complexo Penal de Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza. Tratava-se de Hélio de Sousa Cabral, que foi espancado até a morte pelos companheiros de cela.Por qual motivo, não se sabe.

*A terra dos Ferreira Gomes anda de mal a pior em termos de Segurança Pública. Além do intenso tráfico de drogas, o Município de Sobral já contabilizou cerca de 60 homicídios neste ano. A Guarda Municipal, que deveria auxiliar a PM na prevenção ao crime, está sendo desviada de função para dar segurança privada (pessoal) a todos os ex-prefeitos e também ao atual. Guardas viraram capangas!

* Patrício Martins Lopes, 17 anos; e seu amigo, Mizael de Oliveira Galdino, 20 anos, eram dois usuários de drogas. Compraram pedras de crack e não tiveram como saldar a conta. Resultado: foram seqüestrados por ordem de  traficantes no bairro Bom Jardim, torturados e executados sumariamente no bairro Siqueira. Tudo isso ocorreu na última quarta-feira. Suspeitos foram pegos pela DHPP.

* Rio de Janeiro vive momentos de uma verdadeira guerrilha entre as forças do Estado e as organizações criminosas. De janeiro até hoje, são 97 policiais militares mortos por bandidos. Em São Paulo foram 22 e aqui no Ceará 16. Também no Rio aumentaram os casos de assaltos com morte, os latrocínios.  Aqui no Ceará também!

* Deverá ser sancionada pelo presidente Temer nos próximos dias a alei que considera crime hediondo o uso de armas de uso privativo e ou restrito, como fuzil, metralhadora e submetralhadora. O projeto está nos “finalmentes” na Câmara dos Deputados, em Brasília. Será um excelente mecanismo jurídico para botar na cadeia os traficantes e seus “soldados”.

Com Parceria Fernando Ribeiro

80 total views, 2 views today

ComentáriosComentários