JPMotos
Jovem acusado de “arruaças” foi executado com um tiro de espingarda em Farias Brito
6 de outubro de 2017 às 14:21

Exatamente quinze dias depois e um novo homicídio foi registrado no município de Farias Brito. Por volta das cinco horas da madrugada desta sexta-feira o jovem José Gilson de Moraes, de 20 anos, que era conhecido como “Zé de Adalgisa”, foi assassinado com um tiro de espingarda calibre 28 nas costas. O crime aconteceu perto da casa dele no Sítio Lagoa Seca a uma distância média de 20 Km para o centro da cidade.

Segundo populares, a vítima costumava causar desordens na localidade, mas sempre corria ante a chegada da polícia se refugiando no mato. Após tomar conhecimento do assassinato, uma patrulha comandada pelo Subtenente Simplício esteve no local, mas não obteve informações sobre a autoria delitiva. A Perícia Forense terminou avisada e um rabecão foi até a zona rural de Farias Brito fazer o recolhimento do corpo para ser necropsiado em Juazeiro.

Este foi o primeiro homicídio do mês de outubro em Farias Brito e o sétimo de 2017 no município, onde seis pessoas tombaram mortas no decorrer do ano passado. O último deste ano aconteceu no dia 21 de setembro tendo como vítima o ex-presidiário Emerson Henrile Agapto de Sousa, de 25 anos. Ele respondia por crimes de homicídio, danos, tráfico de drogas, assaltos em Antonina do Norte, Assaré, Aiuaba, Tauá, Crato e Farias Brito e foi executado a tiros na Rua Augusto Moreira

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

80 total views, 2 views today

ComentáriosComentários