JPMotos
Mais duas tentativas de homicídios ontem no Cariri num total de 12 em quatro dias
25 de outubro de 2017 às 13:24

Além de seis homicídios registrados no final de semana, sendo três em Crato, dois em Juazeiro e um em Barbalha, o plantão policial apontou 12 tentativas em quatro municípios. Foram três à bala, uma a faca e outra com gargalo de garrafa em Crato, uma à bala em Lavras da Mangabeira, cinco à bala e uma à faca em Juazeiro e mais outra à bala em Farias Brito. Além disso, dois casos de agressões em Várzea Alegre e outro em Juazeiro e mais dois de violência doméstica em Lavras da Mangabeira.

No início da noite desta segunda-feira, no Sítio Mata (Distrito de Ponta da Serra) em Crato, Samuel da Silva Rosa, de 26 anos, residente no Sitio Jenipapo, foi lesionado com um tiro nas costas. Ele terminou socorrido pelo SAMU ao Hospital São Camilo e não sabia quem foi o autor. Duas horas depois, deu entrada no Hospital São Vicente Férrer de Lavras da Mangabeira o ex-presidiário J. B. Nascimento lesionado com três tiros na cabeça. Ele veio para o Hospital Regional do Cariri (HRC) de Juazeiro dizendo que estava na Rua Raimundo Gomes Holanda perto da Escola Filgueira Lima, quando foi baleado por um homem numa moto CB 300 cilindradas de cor preta.

OUTROS – Antes, na noite de sexta-feira no cruzamento das ruas Francisco Wilson Bezerra e Manoel Tavares Lopes (Frei Damião) em Juazeiro, Terezinha G. Ferreira, de 34anos, residente na Rua do Limoeiro (Franciscanos), foi atrás de sua filha menor de idade que se encontrava na casa do namorado. O pai dele chegou ao local e agrediu Terezinha com socos no rosto. Antonio Inácio da Silva, de 62 anos, residente na Rua Projetada naquele bairro, foi preso.

Às 21 horas, na Rua Antonio Pereira da Silva (Bairro José Geraldo da Cruz) igualmente em Juazeiro, Francisco José Morais, de 59 anos, ali residente, foi lesionado no cotovelo com uma facada por sua esposa Maria Cecília dos Santos, de 62 anos. Outra lesão à faca se deu na noite de sábado vitimando no abdômen o padeiro Valdir Soares Macário, de 23 anos, que foi socorrido ao Hospital São Camilo. O crime aconteceu na Encosta do Seminário em Crato tendo como autor José Emanuel Amâncio de Sousa, de 26 anos, que terminou preso.

Cerca de dez minutos depois, deu entrada no mesmo hospital o agricultor Almir Alexandre dos Santos, de 24 anos, residente no Distrito de Ponta da Serra. Ele estava num bar daquela localidade quando duas pessoas numa moto de cor vermelha chegaram anunciando assalto e, ao tentar correr, foi lesionado com um tiro no abdômen. Já às 21 horas, porém no Distrito do Quincunca em Farias Brito o agricultor Jenilson Oliveira da Silva, de 28 anos, ali residente, foi lesionado com um tiro no abdômen por um comerciante que fugiu no seu veiculo F 250 de cor preta.

Por volta das 23h30min ainda de sábado, porém no cruzamento das avenidas Ailton Gomes e Castelo Branco (Pirajá), o menor de iniciais W. J da S., de 17 anos, seguia à pé na direção do mercado quando foi lesionado à bala no braço e na perna por dois homens numa Honda Bros de cor branca. Outro menor de iniciais R. R da S., de 16 anos, deu entrada na UPA com duas lesões nas pernas praticadas pela mesma dupla.

Na madrugada deste domingo, em uma chácara na Avenida José de Melo (Horto), um homem usando capacete efetuou disparos e fugiu numa moto. Minutos depois deu entrada no Hospital Regional do Cariri, socorrido por populares, o menor J. Y. S. S., de 17 anos, residente no bairro Socorro, com uma lesão no abdômen. No local acontecia uma festa e o acusado pretendia entrar no que teria sido preterido e sacou a arma quando efetuou o disparo atingindo o adolescente que vendia espetinhos.

Às 10h30min, na Rua Joaquim Felix perto do Colégio Maria Amélia (Bairro Alto da Prefeitura) em Várzea Alegre, o crediarista José Cláudio Matias de Sousa, de 33 anos, ali residente, foi procurado pelo menor A. D. S. N., de 16 anos, que queria uma moto e dinheiro emprestados. Ante a negativa o garoto embriagado passou a ameaçá-lo quando quebrou o portão e ainda agrediu uma adolescente de 17 anos, e a tia dela Ana Nivia Belo de Sousa, de 29 anos, antes de ser detido e entregue à polícia.

Já às 13h30min, na Rua Gustavo Lobo (Bairro Padre Cícero) em Lavras da Mangabeira, Santa Cristina Lima Pereira, de 54 anos, ali residente, foi ameaçada pelo filho José Dilanio Pereira Lima, de 28 anos, que se encontrava bastante alterado. Ele causou desordens, quebrou móveis e ainda ameaçou sua irmã. Uma hora depois, mas na Rua Joaquim Leandro de Sousa (Aeroporto) em Juazeiro, o menor de iniciais M. F. R., de 16 anos, residente no bairro Vila Nova, foi lesionado a tiros no tórax.

Por volta das 18 horas Vilaneide Ribeiro dos Santos, de 37 anos, residente na Rua João Guedes (Bairro Padre Cícero) em Lavras da Mangabeira, foi impedida de entrar em casa e pegar seus filhos, bem como ameaçada de morte pelo companheiro. A polícia foi lá e o vendedor Cícero Arnaldo Barbosa de Sousa, de 26 anos, já tinha fugido. Meia hora depois, na Rua Antonio Adil da Nóbrega (Triângulo) em Juazeiro, a garota de iniciais H. E. A. D. O., de 17 anos, foi lesionada com um tiro na boca por uma pessoa identificada apenas por “Anderson” que fugiu.

Às 23 horas, na estrada de acesso ao Sitio Currais em Crato, houve um atentado com disparos efetuados por duas pessoas numa moto contra um carro, mas ninguém foi atingido. No mesmo horário deu entrada no Hospital São Camilo de Crato Lucas Carlos Garcia da Silva, de 20 anos. Ele disse ter sido abordado por três desconhecidos na Avenida Tomas Osterne de Alencar (Bairro Vila Alta) e um deles o lesionou no rosto com um gargalo de garrafa. O trio fugiu num Fiat Uno de cor prata.

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

67 total views, 1 views today

ComentáriosComentários