JPMotos
Mesmo com ruas desertas pela quarentena, violência avança no Ceará e deixa 25 mortos nas últimas 48 horas
3 de abril de 2020 às 17:01
28
Visualizações

Itaperi crime

Motoqueiro assassinado na manhã de hoje no bairro Itaperi quando praticava assaltos

Vila do mar - Crime

Jovem foi fuzilado na manhã de hoje na Avenida Doutor Theberge, no Pirambu

Iparana

Jovem executado a tiros, na noite de ontem, em Iparana, Caucaia 

Grilo

Jovem assassinado, a tiros, no bairro Grilo, em Caucaia, na noite de ontem

Futuro corpo

Corpo de um jovem assassinado na madrugada encontrado na Praia do Futuro

Saco

Corpo esquartejado encontrado na praia da Vila do Mar, na Barra do Ceará 

Mesmo em época de pandemia do corona vírus, com ruas desertas e um decreto estadual obrigando as pessoas a cumprirem quarentena em casa, a violência armada no Ceará não dá trégua. Os crimes de homicídio se proliferam na Grande Fortaleza e no interior do estado. Em apenas três dias de abril, o Ceará já contabiliza 25 assassinatos.

Logo no dia 1º do mês, na última quarta-feira, foram registrados no Ceará 10 homicídios, sendo dois em Fortaleza (nos bairros Benfica e Cidade dos Funcionários), dois em Caucaia (nos bairros Grilo e Esplanada do Araturi) e outro no Eusébio (na Vila da Encantada).

Além disso, ocorreram crimes de morte também no Interior, nas cidades de Quixeré e Mucambo. Em Aracati, três mortes por intervenção policial, quando bandidos morreram numa troca de tiros com policiais militares do Batalhão de Comando Tático Rural (Cotar).

A sequencia de assassinatos prosseguiu na quinta-feira (2), com mais 12 execuções sumárias. Em Fortaleza, foram seis pessoas mortas, nos bairros Vila Velha, Vila União, Genibaú e Demócrito Rocha, além de dois bandidos mortos na Avenida José Bastos, em Parangaba, numa troca de tiros com policiais militares após terem roubado um carro de aplicativo.

Em Caucaia, na Região Metropolitana, ocorreram mais dois assassinatos, sendo um deles no bairro Grilo (o segundo em 24 horas na mesma comunidade) e outro na Praia de Iparana.

No Interior do estado, quatro pessoas foram mortas nesta quinta-feira (2). Um triplo homicídio aconteceu na cidade de Ibicuitinga, no Sertão Central. O quarto crime aconteceu em Sobral.

Crimes hoje

Nesta sexta-feira (3), já foram registrados dois assassinatos e dois casos de achados de cadáveres de vítimas com sinais de violência, em Fortaleza.

No começo da manhã, um jovem foi morto a tiros no bairro Cristo Redentor, na zona Oeste da cidade. O fato aconteceu na Avenida Doutor Theberge, próximo à Vila do Mar.

Outro homem foi executado, também a tiros, nesta sexta-feira, no cruzamento das ruas Padre Wilson e Estudante Jucá, no bairro Itaperi. Ele estava em uma moto e usava um simulacro de arma para praticar assaltos naquela região da cidade.

Corpos

Dois achados de cadáveres (assassinatos) foram também registrados em Fortaleza nas últimas horas. O corpo de um homem foi encontrado por volta de 7 horas na faixa de areia da Praia do Futuro, nas proximidades do Clube dos Oficiais da Polícia Militar, na zona Leste da Capital.

O segundo cadáver foi encontrado esquartejado (sem os braços) e envolto em sacos plásticos ocultado debaixo de uma tábua e deixado em meio ao lixo na faixa de areia da praia na Vila do Mar, na Barra do Ceará.

Com Informações Fernando Ribeiro

ComentáriosComentários