JPMotos
Operação de Inteligência prende envolvidos nos assassinatos em série de garotas no bairro Vila Velha
14 de julho de 2018 às 10:41
179
Visualizações

Vila Velha 12 Vila Velha 11 Vila Velha 10

Os três envoldios na morte das duas garotas foram capturados pela equipe da CIP (Inteligência)

Meninas da Vila Velha

Ana Thaís Balbino Coelho, 16 anos; e sua amiga, Letícia de Sousa, 21, foram mortas a tiros

Uma operação realizada no começo da madrugada desta sexta-feira (13) resultou na prisão de três suspeitos de envolvimento na morte em sequência de várias garotas, cujos corpos foram deixados nas ruas e no mangue do bairro Vila Velha, na zona Oeste de Fortaleza. Os crimes foram marcados pela crueldade. As garota acabaram sendo executadas a tiros e algumas decapitadas ou esquartejadas após sofrerem torturas e serem arrastadas pelos criminosos.

A operação foi desencadeada na Área Integrada de Segurança Oito (AIS-8), por agentes da Coordenadoria de Inteligência Policial (CIP), unidade pertencente ao Estado-Maior do Comando-Geral da PM e contou com o apoio do Serviço Reservado (de Inteligência) do Batalhão Raio (BPRaio) e equipes do 20º BPM (Cristo Redentor).

Antônio Haryson Oliveira de Sousa, 18 anos; Paulo Rubens de Souza Amorim, 21 anos; e mais a mulher de um deles, foram capturados depois de um trabalho sigiloso de investigação após a morte de, pelo menos cinco jovens nos últimos dias. Os criminosos confessaram aos policiais terem participado de um duplo assassinato em que as vítimas foram tiradas à força de um carro do Uber e fuziladas no meio da rua, na noite do último dia 3.

A adolescente Ana Thaís Balbino Coelho, 16 anos; e sua amiga, Letícia de Sousa, 21, foram mortas a tiros no cruzamento das ruas Dois e Beta, no bairro Vila Velha III. Elas foram atraídas para o local por um adolescente já apreendido. No local estavam também Haryson e Paulo Rubens, que participaram do duplo assassinato. A motivação do crime seria a rivalidade de facções.

Outra execução

Também pesa contra os detidos a suspeita da participação de outro assassinato de garota no bairro Vila Velha. O crime aconteceu na noite da última terça-feira (10), quando Evelyn da Silva foi executada a tiros nas proximidades da Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Ela teria sido morta da mesma forma que as outras duas: tirada de um carro e executada com vários tiros na cabeça.

O comandante do 20º BPM e coordenador do policiamento da AIS-8, tenente-coronel PM Lourival Lima, acompanhou a operação. Segundo ele, as diligências para a captura dos responsáveis pelas mortes das garotas não cessaram desde o dia do crime. Duas pessoas (um menor e um adulto) já haviam sido presas, mas faltava o restante dos implicados.

Com Informação Fernando Ribeiro

ComentáriosComentários