JPMotos
Pai e filho sequestrados em Chorozinho são encontrados mortos, carbonizados em um carro incendiado
21 de março de 2018 às 06:03
59
Visualizações

Cascavel duplo 1

O carro incendiado com os corpos carbonizados: encontrados na zona rural de Cascavel

Casvael duplo 2

O veículo foi deixado pelos assassinos numa estrada  de difícil acesso, na zona ruralCascavel duplo 4

Paulo de Castro, 28 anos; e o pai, Francisco Ataíde de Castro, 59: sequestrados quarta-feira (14)

Dois corpos carbonizados foram encontrados dentro de um automóvel incendiado, na zona rural do Município de Cascavel, na Região Metropolitana de Fortaleza (a 55Km da Capital), na manhã do feriado de São José (19). As suspeitas da Polícia apontam que as vítimas, supostamente, seriam pai e filho, líderes rurais de um assentamento rural no vizinho Município de Chorozinho. Eles haviam sido seqüestrados na tarde da última quarta-feira (14), após terem sido expulsos da comunidade e suas casas incendiadas por supostos bandidos de facções.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil. Os corpos completamente carbonizados estavam dentro do carro deixado pelos assassinos em meio a um matagal numa área de difícil acesso. Por volta de 7h45, um morador passou pelo local e se deparou com a cena. A Polícia, então, foi acionada e horas depois os restos mortais foram recolhidos pelas equipes da Perícia Forense do Ceará (Pefoce).

Exames de DNA serão realizados pela equipe da Coordenadoria de Medicina Legal (Comel), para a comprovação da identidade dos mortos.

Sequestro

Na tarde de quarta-feira (14), Francisco Ataíde de Castro, 59 anos; e seu filho, Paulo de Castro, 28, foram abordados e seqüestrados por bandidos armados no Assentamento Lagoa da Pedra, na zona rural de Chorozinho (a 64Km de Fortaleza). Dias antes, eles e mais oito famílias daquela comunidade foram assaltados e tiveram suas casas incendiadas por criminosos.

Pai e filho, segundo apurou a Polícia, eram líderes do assentamento e não permitiram a presença de bandidos no local, que tinham a intenção de ali se instalar. Passaram, então, a sofrer ameaças até que acabaram expulsos, indo morar na cidade de Chorozinho. Porém, na última quarta-feira, os dois voltaram ao local para verificar os danos nas casas e tentar vender um lote de madeira nativa para reduzir os prejuízos. Os dois chegaram ali em um veículo Gol “bola”, preto.

Pai e filho foram rendidos por bandidos armados e colocados no próprio carro deles. Depois disso, ninguém mais os viu. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia de Chorozinho. Até o momento não há notícias de identificação ou prisão de suspeitos. A Polícia vai aguardar a conclusão das periciais no carro incendiado e nos restos mortais encontrados no veículo para a confirmação ou não a identificação dos mortos.

ComentáriosComentários