JPMotos
Polícia prende mais de 100 pessoas suspeitas de furtos, roubos e homicídios no Ceará
28 de setembro de 2018 às 12:06
31
Visualizações

Deflagrada na quarta-feira (26) pela Polícia Civil, a Operação Midas contabilizou 107 pessoas presas, incluindo 5 menores de idade apreendidos no Ceará até a noite de quinta (27). Parte de uma ação coordenada nacionalmente, foram alvos pessoas com mandados abertos por roubo, furto e latrocínio.

Cerca de 470 policiais civis participaram da abordagem, entre delegados, escrivães e inspetores. Das prisões, pelo menos 24 suspeitos foram detidos em Barbalha, Missão Velha e Juazeiro do Norte, no Cariri.

Uma dessas pessoas é James Sousa Gonçalo, de 20 anos. Ele é suspeito de participar de um assalto dentro de uma escola, em Juazeiro do Norte, em junho.

Sobre a operação

Midas” é uma referência metafórica ao conto do rei transformava em ouro tudo o que tocava, sendo a ganância seu principal mal, o mesmo objetivo do autor de roubo e latrocínio, porém causando malefícios à vítima e à sociedade.

As apreensões a nível nacional ocorreram em 25 estados e no Distrito Federal, sob a coordenação do Ministério da Segurança Pública.

No período da ação, 217 armas de fogo foram apreendidas, 177 veículos foram recuperados. Em todo o país, 4.053 pessoas foram capturadas. Mais de 13 mil policiais civis participaram das ações. Dentre os presos, estão:

1.047 presos por roubo (104 adolescentes);

32 presos por latrocínio (22 adolescentes);

792 presos em flagrante por delitos como posse irregular de arma de fogo e tráfico (155 adolescente).

ComentáriosComentários