JPMotos
Preso em Crato casal suspeito de matar agricultor com raiva porque ele não tinha nada de valor
25 de outubro de 2017 às 13:22

Numa operação que começou pela manhã e terminou no período da noite a polícia diz acreditar ter esclarecido o crime de latrocínio contra o agricultor Mariano Araújo da Hora Júnior, de 36 anos, ocorrido no início da noite de sábado no Sítio Mata (Distrito de Ponta da Serra) em Crato. Um grupo de pessoas estava na calçada quando chegou um casal armado numa moto mandando todos ficarem de costas com as mãos na cabeça. Ao revistá-los, não encontraram nada de valor se irritando e atirando na cabeça de Mariano.

Na manhã de ontem as equipes RAIO 07 e 08 estiveram no Sítio Palmeirinha dos Britos (Distrito de Ponta da Serra) em Crato onde prenderam o jovem Valdeir Zuza Santos Filho, de 18, e apreenderam a adolescente de iniciais I. M. S., de 17 anos. No imóvel, encontraram um revólver calibre 38 com três cartuchos intactos e dois deflagrados, cerca de 10 gramas de maconha e moto Honda Fan de cor preta e placa OIK- 6095 com queixa de roubo e supostamente usada no latrocínio.

Tudo indica que a autoridade policial vai pedir a prisão preventiva de Valdeir e está buscando mais elementos para contextualizar o Inquérito e a solicitação perante a justiça. A princípio, estão preso e apreendido por posse ilegal de arma de fogo e de drogas. Policiais militares foram acionados diante da informação do proprietário da moto que tinha sido roubada e o mesmo sabia do paradeiro quando os PMs chegaram até o Sítio Palmeirinha dos Britos localizando o veículo

Na chegada dos “raianos”, Valdeir ainda tentou fugir pulando muros e foi alcançado pelos PMs. Ao ser indagado sobre a moto ele apontou um terreno perto de sua casa onde de fato foi encontrada. Os policiais foram além e quiseram saber sobre sua companheira e a arma usada no crime encontrando o revólver na casa vizinha que se encontrava vazia. Depois ocorreu a apreensão da garota e os dois foram levados à 19ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Crato.

Raimundo Israel foi preso em Juazeiro após assalto a passageiros de ônibus da Via Metro (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

JUAZEIRO – Já na noite deste domingo a polícia prendeu em flagrante Raimundo Israel Barbosa da Costa, de 23 anos, residente no bairro João Cabral, no interior de um ônibus da Via Metro que faz a linha Barbalha/Juazeiro. O coletivo teria saído de rota por conta de um assalto quando o motorista acionou o botão de pânico. Imediatamente, uma patrulha da PM esteve na Avenida Padre Cícero, em frente a Singer no bairro Antônio Vieira, onde prendeu o acusado com uma faca após adentrar o ônibus perto do Posto Casarão. Existem informações que o mesmo tinha o apoio de um comparsa que seguia o coletivo numa moto de cor escura o qual não foi localizado. Os PMs recuperaram o dinheiro e os celulares roubados.

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

106 total views, 1 views today

ComentáriosComentários