JPMotos
Sepultados corpos de assaltante que trocou tiro com a PM e mulher baleada em Juazeiro
23 de novembro de 2017 às 08:47

Com a devida autorização da justiça, a direção da Perícia Forense de Juazeiro do Norte providenciou o sepultamento de mais dois corpos que se encontravam nas geladeiras daquele órgão sem terem sido reclamados por parentes. Um deles foi de um homem acusado de assaltos na área do Conjunto Conviver (Aeroporto) em Juazeiro, que morreu numa troca de tiros com equipe do RAIO. O fato aconteceu no dia 10 de setembro e o mesmo jamais foi identificado.

Quatro dias depois, um flanelinha foi morto a pauladas no centro de Juazeiro e até que foi identificado por meio de exame necropapiloscópico, porém seus familiares não compareceram à Pefoce para o recolhimento do cadáver. No dia 14 de setembro Damião de Jesus, de 46 anos, o “Baiano”, foi morto por outro morador de rua no caso José Roberto Galeno da Silva, de 48 anos, em frente à Biblioteca Pública na Rua Santo Agostinho (Centro), após bebedeira. O acusado terminou preso em flagrante.

Semanas antes, ou mais precisamente no dia 6 de agosto, outros dois corpos já tinham sido sepultados. No dia 27 de maio um andarilho morreu no Hospital Regional do Cariri horas após ser atropelado por um veículo. Já no dia 21 de junho a andarilha identificada por moradores da Vila Três Marias como “Maria Nazaré”, foi assassinada com um tiro na cabeça enquanto dormia em um banco. Ela dizia que era do Rio Grande do Sul e, nas suas andanças, veio parar em Juazeiro.

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

54 total views, 2 views today

ComentáriosComentários