JPMotos
Sequência de assassinatos no feriadão deixa 19 mortos nas ruas de Fortaleza. Entre as vítimas estão três mulheres
11 de setembro de 2018 às 05:00
24
Visualizações

Ocorrência

Policiais militares tiveram muito trabalho no feriadão para conter a violência nas ruas da Capital

Genibaú morto

No Genibaú, um empresário de segurança privada foi morto a tiros e uma criança baleada

Jangurussu 78 Jangurussu 77

Tarde de sábado: dois jovens foram executados sumariamente no Jangurussu

Vila Manuel Sáriro - corpos

Dois corpos esquartejados e decapitados foram encontrados na Vila Manuel Sátiro 

Fortaleza registrou um período de extrema violência durante o feriadão da Independência. Entre a manhã de sexta-feira (7) e a noite de domingo (9), 19 pessoas foram assassinadas na Capital cearense. Três duplos homicídios estão entre os registros policiais do período, sendo um deles, uma tentativa de chacina na zona Oeste da cidade. Entre as vítimas da criminalidade, três mulheres mortas.

Na sexta-feira (7), foram registrados cinco assassinatos na Capital, entre eles, uma tentativa de chacina em um beco no bairro Quintino Cunha. Era por volta de 20h18 quando bandidos em um carro acompanhado de motos entraram em um beco naquele bairro e começaram a atirar nas pessoas que estavam na porta de casa. Resultado: dois mortos e duas pessoas feridas. José Tiago Leodino de Carvalho, 19 anos, recebeu tiros na cabeça e morreu na hora. Silvestre de Oliveira Sousa foi baleado no tórax e abdome e morreu no “Frotinha” de Antônio Bezerra.

Ainda na sexta-feira, um corpo esquartejado e decapitado foi encontrado, por volta de 6h52, na Barra do Ceará (zona Oeste). Por volta de 11h58, Sislândio Melo do Amaral, gerente de uma empresa de segurança, foi assassinado, a tiros, na Rua Barra Verde, no bairro Genibaú. Uma criança de 10 anos acabou baleada.

Ainda na sexta-feira, por volta de 21h42, uma mulher, identificada apenas por Gisele, foi morta, a tiros, na Cidade dos Funcionários.

Sábado

No sábado (8), mais oito pessoas foram mortas em Fortaleza.; No bairro Quintino Cunha (palco da tentativa de chacina na noite anterior), mais um homicídio foi registrado, por volta de 0h28. Já às 15 horas, um duplo assassinato ocorreu na Avenida Governador Leonel Brizola, no Jangurussu. Dois homens foram executados sumariamente com vários tiros de pistola. Eram Jeanderson da Silva Gomes, 23 anos; e Luan da Silva Gomes, 21. Bandidos fugiram do local em um carro acompanhado de motocicletas.

Por volta de 19 horas, bandidos armados invadiram um bar localizado na Rua Felinto Barroso, no Bairro de Fátima, e balearam dois homens, que foram socorridos. Mas, um deles acabou morrendo na Emergência do IJF-Centro. Tratava-se de Paulo Renato Rodrigues da Silva, 29 anos, O crime ocorreu no “Bar do Raílson”.

No mesmo dia – sábado – a Polícia registrou também assassinatos nos bairros Aerolândia, Messejana, Edson Queiroz (uma mulher morta) e no Conjunto Palmeiras.

Domingo

No domingo (9), seis pessoas foram assassinadas na Capital cearense, com o registro de dois duplos homicídios. Por volta de 11h13, em um terreno baldio na Rua Emílio Conde, no bairro Vila Manuel Sátiro, foram encontrados os corpos de dois homens. Os cadáveres estavam ocultados sobre papelões e sacos plásticos. Os dois desconhecidos foram mortos a tiros, decapitados e esquartejados.

Já às 20h51, pai e filho foram executados, a tiros, no cruzamento das ruas Emílio de Menezes e Taubaté, na Granja Portugal. Ainda na noite passada, foram registrados mais dois assassinatos, no Conjunto São Cristóvão e na Serrinha (mais uma mulher morta).

Com Informação Fernando Ribeiro

ComentáriosComentários