JPMotos
Três homicídios registrados de ontem para hoje nos bairros Aeroporto e Limoeiro em Juazeiro
11 de setembro de 2017 às 09:21

Num intervalo de tempo inferior a dez horas três homicídios foram registrados em Juazeiro do Norte entre a tarde deste domingo e a madrugada desta segunda-feira. Agora, já são cinco homicídios no mês de setembro em Juazeiro e 101 no decorrer deste ano no município. Aos 30 minutos de hoje, o jovem Ícaro Welton Ribeiro Silva, de 29 anos, que residia na Rua Joana Batista Holanda (Bairro Salgadinho), foi morto a tiros no cruzamento das ruas São Benedito e Rui Barbosa no bairro Limoeiro.

Ele estava no interior do seu veiculo Fox de cor preta quando chegaram dois homens os quais efetuaram os disparos atingindo a cabeça da vítima e causando sua morte ao volante do carro. Ícaro era acusado de crimes de saidinha bancária e porte de arma de fogo nos estados de Alagoas, onde nasceu, e Pernambuco. No dia 28 de outubro de 2014 ele foi preso na BR-110 em Ibimirim (PE), com armas de fogo e munições após a polícia receber denúncia que o mesmo tramava assaltos pela região.

Na época, Ícaro residia em Marechal Deodoro (AL) e foi preso com José Elias Bezerra da Silva, de 19, e José Cícero Freire, de 26 anos, em um veículo Fiesta de cor preta. O trio tinha um revólver calibre 32 e outros dois calibre 38 todos municiados. Em 2011 ele fora preso sob a acusação de integrar uma quadrilha especializada em ‘saidinha de banco’. Na ocasião, a polícia estimou que cerca de 80% das saidinhas de banco ocorridas em Maceió (AL) eram praticadas pela quadrilha de Ícaro

OUTROS – Antes, às 15h30min, na Rua Ana Rita de Sousa do Conjunto Tenente Coelho do Minha Casa Minha Vida no Bloco 3 no bairro Aeroporto, Danilo Guilherme de Siqueira, de 18 anos, foi morto à facadas. Quando a polícia chegou no local, ele já tinha sido socorrido por populares ao Hospital Regional do Cariri, onde morreu. Danilo morava naquele conjunto e foi atingido por três golpes na face, no pescoço e no peito desferidas por uma pessoa identificada apenas por “Baiano”.

Por volta das 19h30min ainda deste domingo um jovem que trocou tiros com a polícia morreu no Hospital Regional do Cariri em Juazeiro. O fato aconteceu no Conjunto Conviver (Aeroporto) quando militares do RAIO tentaram prendê-lo por conta da acusação de assaltos na área e o mesmo sacou um revólver e apontou na direção dos PMs que revidaram. O mesmo foi socorrido ao HRC, mas faleceu pouco tempo depois sem ser identificado já que não portava documentos.

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

98 total views, 1 views today

ComentáriosComentários