JPMotos
Violência no fim de semana no Ceará deixou 42 pessoas mortas
4 de abril de 2017 às 10:53

Ao menos, 42 pessoas tiveram morte violenta durante o fim de semana que marcou o fim do mês de março e o começo de abril de 2017, no estado do Ceará. Entre a última sexta-feira (31/3) e o começo da madrugada desta segunda (3/3), as delegacias plantonistas da Polícia Civil, a Polícia Militar e a Perícia Forense (Pefoce) registraram 34 assassinatos e mais oito mortes em acidentes de trânsito.

Em Fortaleza, 12 pessoas foram mortas nos seguintes bairros: Jangurussu (dois casos), Henrique Jorge, Passaré, Vicente Pinzón, Padre Andrade, Meireles, Parangaba, Carlito Pamplona, Mondubim, José Walter e Jardim das Oliveiras.

Na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), foram registrados crimes de morte em Maracanaáu, Aquiraz, Cascavel e Caucaia.

Sertão

No Interior Norte do estado, pelo menos, cinco pessoas foram assassinadas no período, com crimes que foram praticados nos Municípios de Sobral (dois casos), Ipu, Paraipaba e Canindé.

 Já no Interior Sul, além dos sete bandidos mortos no confronto com a Polícia na cidade de Jaguaruana, também foram registrados assassinatos nos Municípios de Nova Olinda, Morada Nova, Quixadá, Parambu e Quixeramobim.

Acidentes

Oito pessoas perderam a cidade de forma trágica em acidentes de trânsito durante o fim de semana, nos seguintes Municípios: Campos Sales, Maranguape, Reriutaba, Brejo Santo, Crato,  Penaforte, Nova Russas e Santana do Cariri.

PM perde dois homens

Dois policiais militares morreram de forma violenta no fim de semana. O primeiro caso ocorreu na noite de sábado, quando o sargento Márcio Franklin Rodrigues Braz (sargento Braz), destacado no Colégio da Polícia Militar General Edgard Facó, foi assaltado e baleado na Avenida Doutor Silas Munguba, em Parangaba. Ele recebeu dois tiros à queima-roupa e teve morte instantânea.

O segundo caso ocorreu por volta de 15 horas do domingo (2), na Estrada da Tangueira, em Maranguape, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), quando o cabo PM Aluísio Carneiro da Silva Júnior (cabo PM Aluísio), destacado na 2ª Companhia do 14º BPM (Maracanaú),  morreu em conseqüência de um acidente de trânsito. O carro que ele guiava colidiu de frente com outro automóvel. A colisão frontal aconteceu deixou, ainda, quatro pessoas feridas.

Fonte: Jornalista Fernando Ribeiro

765 total views, 1 views today

ComentáriosComentários