JPMotos
Ex-prefeito: Sem brigas, Adaílton Mâcedo deixa o governo em Aurora
9 de fevereiro de 2017 às 16:59

20170209105033_2715_capa

Aurora. O ex-prefeito Adaílton Mâcedo (PMDB) deixou a titularidade da Secretaria de Administração deste município. O cargo foi entregue por ele na manhã da última terça-feira (7), ao prefeito Júnior Mâcedo (PR) que, sem sucesso, tentou demover o aliado da iniciativa de abrir mão do cargo. Avaliado como a maior expressão política de Aurora na última década, Adaílton Mâcedo deverá, nos próximos meses, se dedicar a projetos pessoais. No município, simpatizantes e correligionários defendem que o ex-gestor participe da disputa eleitoral de 2018, concorrendo a um mandato à Assembleia Legislativa do Ceará.

Líder do principal grupo político no município, o peemedebista afirma que sua saída do Governo não significa rompimento político com o atual gestor de quem, inclusive, é padrinho político. À Adaílton Mâcedo, inclusive, é creditada grande parcela de mérito quanto a vitória do correligionário republicano nas eleições de outubro do ano passado.

A notícia da exoneração de Mâcedo repercutiu rápido em todo o município. Adversários políticos do peemedebista chegaram a contactar setores da Imprensa regional informando que o pedido de exoneração feito por ele teria acontecido após uma acirrada discussão envolvendo Adaílton, o prefeito Júnior Mâcedo e seu pai, o ex-prefeito João de Zeca.

“Nunca houve discussão alguma. Essa conversa de briga minha com doutor Júnior e com João de Zeca é mais uma das inúmeras mentiras da oposição. Esse povo deveria cuidar mais da própria vida, em vez de estar se preocupando com a minha e dos que fazem parte do nosso grupo político. Saí da administração porque entendi que assim seria melhor para minha vida particular e de minha família”, afirmou Adaílton Mâcedo.

Segundo ele, o afastamento é apenas administrativo. No campo político, a aliança que resultou em vitória na última eleição continua mantida. “Sou aliado do governo Júnior. Disse a ele e repito: vou ajudar a gestão em tudo que me for possível. Vamos continuar trabalhando para que Aurora continue crescendo e para que as condições de vida dos nossos irmãos e irmãs continuem melhorando”, frisou.

Indagado sobre a possibilidade de participação nas eleições do próximo ano, o peemedebista preferiu mandar um recado aos seus opositores. “Vou só deixar um recado aos nossos adversários, dizendo para eles que se preparem. Vencemos três eleições em Aurora. Podem ter certeza no que eu estou dizendo agora, vamos vencer também a próxima”, finalizou o ex-prefeito.

A reportagem apurou que Adaílton Mâcedo vinha recebendo, nas últimas semanas, diversos convites para assumir funções administrativas em prefeituras vizinhas ao município de Aurora. Todos os convites, no entanto, foram recusados por ele. Porém, como forma de auxiliar gestores municipais em início de mandato ou secretários cujo a experiência administrativa ainda seja diminuta, Mâcedo prestará serviços de assessoria financeira e de saúde, área na qual possui experiência de quase três décadas.

O Por Dentro do Assunto também conversou com o prefeito de Aurora, Júnior Mâcedo. Ele ratificou a inexistência de discussões envolvendo o ex-secretário e familiares e lamentou a saída do aliado. “Não há briga alguma dentro do nosso grupo político. Adaílton continuará nos ajudando para que nossas ações possam continuar mudando a vida da nossa população”, limitou-se Júnior Mâcedo.

O gestor, até o momento, não nomeou o novo secretário de Administração do município. O anúncio em torno do nome do novo secretário é aguardado para as próximas horas.

Por Roberto Crispim
Com Parceria Site Miséria.com.br

223 total views, 2 views today

ComentáriosComentários