JPMotos
Facebook testa ferramenta de subgrupos pagos na rede social
20 de junho de 2018 às 15:30
32
Visualizações

O Facebook está testando uma nova ferramenta para os grupos na plataforma. Em post oficial, a empresa anunciou, nesta quarta (20), uma ferramenta que permite a criação de subgrupos dentro de grupos da rede social, com acesso mediante assinatura dos usuários.

Segundo Alex Deve, diretor do setor de grupos do Facebook, a proposta chega para ajudar administradores a terem um motivo a mais para se engajarem com a missão de cuidar do espaço. “Nós sabemos que administradores investem seu tempo e energia para manter seus grupos, e alguns disseram para nós que eles gostariam de ferramentas para ajudá-los a continuar investindo em suas comunidades e angariar mais membros”, explica Deve.

Assim, o Facebook oferece um leque de cobranças que pode ir de US$ 4,99 até US$ 29,99 para que o usuário acesse um conteúdo exclusivo daquele local. Atualmente, apenas alguns grupos estão testando a nova funcionalidade nos Estados Unidos.

Além disso, o pagamento será feito diretamente com contas e cartões registrados nos aparelhos iOS e Android. Dessa forma, ambas plataformas terão 30% da receita do grupo no primeiro ano de assinatura do usuário e 15% nos restantes. Pelo menos durante o período de testes, o Facebook ainda não vai receber nenhuma fatia deste rendimento. “Isso não é sobre dinheiro, mas sobre a nossa comunidade”, explica Deve.

A ferramenta chega em um momento em que grande parte de produtores já oferecem conteúdos exclusivos em grupos fechados na plataforma. Uma das ações mais comuns é a oferta de acesso exclusivo no Facebook para pessoas que assinam, por exemplo, a campanha de financiamento coletivo de um determinado produtor de conteúdo. Logo, a possibilidade de cobrar direto do próprio Facebook seria uma nova ferramenta para este modelo de negócio.

Esta não é a primeira vez que a plataforma tenta monetizar os grupos dentro da rede social, os quais já somam mais de 1 bilhão. Em 2016, a plataforma anunciou que colocaria publicidade dentro de grupos. Contudo, voltou atrás após testes.

O diretor ainda não informou quando nem se a ferramenta de subgrupos pagos estará disponível para todos usuários no Facebook.

Terra

ComentáriosComentários